HISTÓRIA, MEMÓRIAS, ORALIDADES, CULTURA E ARTES NA BAIXADA MARANHENSE

Autores

  • JONAS RODRIGUES DE MORAES Universidade Federal do Maranhão - UFMA

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v18i31.834

Palavras-chave:

Baixada Maranhense, Cultura, História

Resumo

Resumo: O Estudo de Caso História, memórias, oralidades, cultura e artes na baixada maranhense buscou analisar, por meio das memórias, oralidades e artes (música e manifestações populares), a produção de artistas, mestres e grupos de cultura popular produzida nos municípios da Baixada Maranhense: Pinheiro, São Bento, Santa Helena e, acrescentado, Presidente Sarney. A partir de pesquisas etnográficas e do uso da metodologia da história oral, procurou catalogar mestres e grupos de cultura popular existentes, bem como aqueles que não existem, mas são registrados pelos filtros da memória. A pesquisa fomentou a produção acadêmica, bem como estimulou os gestores públicos a pensar sobre o mapeamento cultural em seus municípios. Desse modo, vale salientar que a história oral, por meio de Portelli (1997), tornou-se referência teórica e metodológica para esse estudo, assim como Benjamin (1994), Farias Filho (2013), Khoury (2010), Lopes (2004), Ortiz (2010), dentre outros, também se constituíram como referências fundamentais para a investigação do trabalho.

Palavras-chave: Baixada Maranhense. Cultura. História.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

JONAS RODRIGUES DE MORAES, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Doutor em História (PUC-SP)
Professor da Universidade Federal do Maranhão
Codó, Maranhão, Brasil.

Downloads

Publicado

2021-02-18