ANTONIO LINARD: um industrial no sertão do Cariri cearense

Autores

  • NAUDINEY DE CASTRO GONÇALVES Instituto Federal do Piauí - IFPI

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v18i31.833

Palavras-chave:

Cariri cearense, Patrimônio industrial, Engenhos de açúcar

Resumo

Resumo: O tema deste artigo está relacionado à cultura e economia da cana-de-açúcar na região do Cariri cearense, mais especificamente às mudanças tecnológicas observadas pelos engenhos de madeira movidos a água ou tração animal ainda na década de 1930, a posterior modernização com a fabricação de engenhos de ferro movidos a vapor – como a promovida pelo fabricante local Antonio Linard – até a chegada da Usina Manoel Costa Filho na região, em meados da década de 1970, quando a nossa pesquisa se encerra. 

Palavras-chave: Cariri cearense. Patrimônio industrial. Engenhos de açúcar.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

NAUDINEY DE CASTRO GONÇALVES, Instituto Federal do Piauí - IFPI

Doutor em História (UNIRIO).
Professor do Instituto Federal do Piauí
Teresina, Piauí, Brasil

Downloads

Publicado

2021-02-18