MEMÓRIA, VERDADE E REPARAÇÃO NA COMISSÃO CAMPONESA DA VERDADE - 1946 – 1988

Autores

  • ALBERTO RAFAEL RIBEIRO MENDES Universidade Federal do Ceará - UFC

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v18i31.792

Palavras-chave:

Camponeses, Ditadura, memórias

Resumo

Resumo: Em 2012, no âmbito das políticas de busca da verdade sobre a ditadura no Brasil, foi criada uma Comissão Camponesa da Verdade - CCV, para subsidiar os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade. Este artigo discute as noções de memória, verdade e reparação na CCV, problematizando as tensões entre lembrança e esquecimento dos crimes contra os camponeses, as lutas pela inserção desses sujeitos nas políticas de memória, bem como a busca pela reparação às vítimas e seus familiares. Trata-se, pois, de uma discussão sobre a construção social da memória camponesa e sobre os esforços de rememoração do passado autoritário, com vistas a um futuro comprometido com a não repetição das violações pretéritas, com o Nunca Mais.

Palavras-chave: Camponeses. Ditadura. Memória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

ALBERTO RAFAEL RIBEIRO MENDES, Universidade Federal do Ceará - UFC

Doutorando em História / Universidade Federal do Ceará
Fortaleza, Ceará, Brasil.

Downloads

Publicado

2021-02-18