OS PRIMEIROS MISSIONáRIOS E DESCOBRIDORES DO MARANHáƒO: História e retórica nas crônicas jesuá­ticas do Maranhão (séculos XVII e XVIII)

Autores

  • Roberta Loão Carvalho Mestranda PPGH-UFF Rio de Janeiro, RJ- Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v8i11.73

Palavras-chave:

História, Retórica, Companhia de Jesus, Maranhão Colonial, Séculos XVII e XVIII,

Resumo

Buscando compreender a ideia de história que perpassa a escrita jesuá­tica dos séculos XVII eXVIII, faço o exame de dois acontecimentos que marcaram a passagem da Companhia de Jesus noMaranhão. O primeiro foi a jornada empreendida pelo padre Francisco Pinto á  Serra de Ibiapaba como  intento  de  "conquistar" as terras  do  Maranhão,  jornada  esta  interrompida  com  a  morte domissionário em 1608. O segundo é a vida e morte do padre Luá­s Figueira na organização da missão dasmesmas terras. Esses dois acontecimentos são importantes, pois destacam a ideia de história exemplarpossuá­da pelos jesuá­tas, assim como evidencia a importá¢ncia da arte retórica empregada em seus textoscomo composição fundamental na busca deste sentido da história para os jesuá­tas.

Downloads

Publicado

2011-05-05