E TOMARáƒO LUGAR ဠMESA DO REINO DE DEUS: Eugene D. Genovese e o evangelho nas senzalas

Autores

  • Fábio Pereira de Carvalho Mestrando PPGH-UFF Rio de Janeiro, RJ-Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v8i12.59

Palavras-chave:

Eugene D, Genovese, Cristianismo, Escravos rurais, E. P. Thompson,

Resumo

Este artigo se propõe analisar como o autor Eugene D. Genovese no seu livro Roll, Jordan,Roll, utilizou o cristianismo dos escravos nos Estados Unidos como base de seu argumento de que elesconseguiram construir uma autonomia ”“ econômica, polá­tica e mesmo intelectual ”“ e lutar por ela.Assim, o autor, em diálogo com a renovação marxista de seu tempo, principalmente dos autoresingleses Eric Hobsbawm, Edward Palmer Thompson e Christophen Hill, pretendeu combater ummarxismo ortodoxo, que em suas palavras, vitimizava os trabalhadores como um todo e, para osEstados Unidos, os escravos em especial. A tradição cristã se torna então justamente uma arma decombate utilizada pelos escravos, discordando de que o cristianismo transformaria os escravos emSambos. Outrossim, também se analisa neste artigo a possibilidade de diálogo entre Brasil e EstadosUnidos quanto ao modo de apropriação do cristianismo entre os escravos rurais.

Downloads

Publicado

2011-11-19