A QUESTÃO DE GÊNERO NA AGENDA PÚBLICA E POLÍTICA DE CABO VERDE, ÁFRICA:Papel das ONG Feministas na Luta pelos Direitos das Mulheres

Autores

  • CARLA SANTOS DE CARVALHO Universidade de Cabo Verde

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v12i19.456

Palavras-chave:

Mulheres. ONG. Cabo Verde.

Resumo

Resumo: As  desigualdades  entre  mulheres  e  homens  começaram  a  ser  denunciadas  pelas  próprias mulheres em Cabo Verde. Estamos certosde que taisdenúncias permitiram que as mulheres, lentamente, fossem  adquirindo  direitos  e  construindo  uma  agenda  de  igualdade.  Nessalinha,  propomos  analisar  o papel  das  ONG  comprometidas  com  a  igualdade  de  género,em  Cabo  Verde,em  prol  da  defesa  dos direitos  das  mulheres,  num  contexto  de  invisibilidade  do  papel  destasna  esfera  pública.  A  metodologia adotada é a pesquisa documentale a realização deentrevistas compresidentes de 03ONGque atuam no país.As ONG têm criado condições que asseguram a igualdade entre homens e mulheres, com particular ênfase  na  promoção  do  empoderamento  das  mulheres,  sobretudo,para  contrapor  os  indicadores de desigualdades. Asorganizaçõesvêm  demonstrando  capacidade  de  promover  mudanças,  provocando transformações  na  estrutura  social,  influenciando  novas  práticas  e  provocando  novos  modelos  de relacionamento socialde igualdade de gênero.

Palavras-chaves: Mulheres. ONG.Cabo Verde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

CARLA SANTOS DE CARVALHO, Universidade de Cabo Verde

Doutoranda em Estudos de Desenvolvimento no Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, Professora da Universidade de Cabo Verde.

Downloads

Publicado

2015-07-01