AS DUAS FACES DE JANUS: A cidade de Aracaju nas festas de Ano Novo (1900-1950)

Autores

  • Magno Santos Doutorando PPGH-UFF. Niterói, RJ -Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v9i13.42

Palavras-chave:

Festa, Aracaju, Cidade,

Resumo

O Natal era a principal festa do calendário aracajuano. As celebrações ocorriam ao longo de trinta dias,envolvendo o novenário em preparação á  festa da padroeira, Nossa Senhora da Conceição, até a festa de SantosReis, com a procissão de São Benedito. Esses festejos são o foco central desse artigo, que tem como propósitodiscutir a construção das representações de tradição e modernidade aferidas a tais solenidades na cidade deAracaju. Nesse sentido, por meio do registro de memorialistas e de fotografias,  tornou-se possá­vel compreendera legitimação social da nova capital sergipana por meio de suas festividades.

Downloads

Publicado

2012-05-09