DE QUE SERIA FEITA A AMÉRICA: o ser, a existência, sistemas de significação e simulacro

Autores

  • Cosme Oliveira Moura Junior Mestrando Ciências Sociais-UFMA

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v3i3.399

Palavras-chave:

sistemas de significação, análise de discurso, invenção, simulacro, fato histórico, discurso.

Resumo

Este trabalho discute sobre algumas interpretações historiográficas do descobrimento da América 1492, por meio de análises semiológico-discursivas. Desta maneira, foram analisados os discursos de Cristóvão Colombo, Bartolomeu de Las Casas, Fernando Colombo, Gorman, Oviedo e Todorov. Feita uma problematização acerca do que seria o fato histórico 1492, definimos este como o fruto de invenções e hibridização de sistemas de significação, que o tornam em um grande fato histórico polissêmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-01-10

Como Citar

Junior, C. O. M. (2006). DE QUE SERIA FEITA A AMÉRICA: o ser, a existência, sistemas de significação e simulacro. Outros Tempos: Pesquisa Em Foco - História, 3(3). https://doi.org/10.18817/ot.v3i3.399