O OUTRO 25 DE ABRIL E AS DIRETAS Já

Autores

  • VALERIO ARCARY Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v11i17.337

Palavras-chave:

25 de Abril. Diretas Já. Transição.

Resumo

Partindo do pressuposto que os movimentos 25 de Abril em Portugal e as Diretas Já no Brasil foram os mais destacados expoentes da mobilização popular nos dois paá­ses, esse artigo propõe-se a investigar os (des)caminhos dos processos de transição dos regimes ditatoriais rumo á  democracia no Brasil e em Portugal. Apresenta como fundamento a ideia de que nos dois paá­ses, seus planos de transição controlada ”pelo alto” foram subvertidos pela mobilização ”por baixo”. Assim sendo, os regimes ditatoriais, em que pesem as negociações desenvolvidas ao longo do processo, foram derrotados pelas forças sociais que entraram em cena e deslocaram as relações de forças vigentes até então.

Palavras-chave: 25 de Abril. Diretas Já. Transição.

 

THE OTHER 25 APRIL AND THE DIRETAS Já

Abstract: On the assumption that the movements of 25 April in Portugal and the Diretas Já in Brazil were the most prominent exponents of the mobilise popular in both countries, this article proposes to investigate the (des) paths of the transition processes of the dictatorial regimes towards democracy in Brazil and in Portugal. Features in support the idea that in both countries, their transition plans controlled "by the high" were subverted by mobilizing "underneath". Therefore, dictatorial regimes, despite the negotiations developed throughout the process, were defeated by social forces that stepped in and moved the existing forces relationships until then.

Keywords: 25 April. Diretas Já. Transition.

 

EL OTRO 25 DE ABRIL Y LAS DIRECTAS YA

Resumen: A partir de la idea que los movimientos 25 de abril en Portugal y las Directas Ya en Brasil, fueron los más destacados exponentes de la movilización popular en los dos paá­ses, ese artá­culo propone investigar los (des)caminos de los procesos de transición de los regá­menes dictatoriales en dirección a la democracia en Brasil y en Portugal. Presenta como fundamento la idea de que en los dos paá­ses, sus planes de transición controlada superficialmente fueron desorganizados por la movilización menos superficial. Asá­, los regá­menes dictatoriales que examinan las negociaciones desarrolladas a lo largo del proceso, fueron derrotados por las fuerzas sociales que surgieron y cambiaron las relaciones de fuerzas vigentes.

Palabras clave: 25 de abril. Directas ya. Transición.

Biografia do Autor

VALERIO ARCARY, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Doutor em História - USP. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, SP.

 

Downloads

Publicado

2014-07-31