“A MULHER CULTA TEM MAIS POSSIBILIDADES DE UMA VIDA MELHOR”: presença e interação de mulheres nas faculdades de direito, farmácia e odontologia no Maranhão (1940-1970)

Autores

  • TATIANE DA SILVA SALES Universidade Federal do Maranhão - UFMA

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v17i29.775

Palavras-chave:

Mulheres, Ensino Superior, Maranhão

Resumo

Resumo: O início do século XX marca o estabelecimento das faculdades isoladas no Maranhão. Essas escolas de curso superior consagraram-se como espaço majoritariamente masculino, e a partir de década de 1940 há uma maior presença feminina nos cursos superiores, criando um marco de maior participação e interação feminina entre 1940 e 1970. Neste sentido, este trabalho busca escrever a história do ensino superior no Maranhão com ênfase na análise da presença feminina, na condição de alunas e professoras, notabilizando os espaços que ocuparam, suas atuações, conflitos envolvendo questões de gênero e disputas de poder por meio da educação. A presente pesquisa tem por objetivo compreender a organização, o processo e a inserção da mulher no ensino superior, sendo a universidade um espaço de educação, instrução e poder, com ênfase nos três primeiros cursos fundados no Maranhão - Odontologia, Farmácia e Direito.

Palavras-chave: Mulheres. Ensino Superior. Maranhão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

TATIANE DA SILVA SALES, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Profa. Dra. do Curso Interdisciplinar em
Estudos Africanos e Afro-brasileiros/UFMA
São Luís - Maranhão

Downloads

Publicado

2020-02-12