SEDUÇÃO E SEXUALIDADE EM PORTUGAL: tempos e modos

Autores

  • JOSÉ MACHADO PAIS Universidade de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v17i29.756

Palavras-chave:

Gênero. Gerações. Valores Sociais.

Resumo

O que neste artigo se propõe é uma reflexão sobre a sedução e a sexualidade em Portugal tendo em vista o questionamento de persistências e mudanças sociais segundo dois eixos analíticos: os tempos e os modos. Para o efeito, tomando-se um arco temporal de longa duração, serão considerados três períodos de análise: o período centrado no século XIX, tempos do romantismo no qual serão analisados os galanteios nos meios burgueses; o período do regime autoritário (1926-1974), tempos em que a sexualidade aparece subordinada a uma ordem discursiva e ideológica repressiva;finalmente, o período que despontou com a contestação ao regime autoritário e que deu lugar à Revolução dos Cravos de 1974, tempos de liberdade política que se entrecruzam com os de liberdade sexual. As distintas colorações do tempo permitem-nos analisar diferentes modos de vivência da sedução e da sexualidade, à luz de clivagens sociais, de género e geracionais.

Palavras-chave: Gênero. Gerações. Valores Sociais.

 

SEDUCTION AND SEXUALITY IN PORTUGAL: times and manners

Abstract: What is proposed in this article is a reflection on seduction and sexuality in Portugal aiming to question persistence and social change taking into account two analytical axes: times and manners. For this purpose, considering a long-term temporal perspective, three periods of analysiswill be considered: the period centred on the nineteenth century, times of romanticism in which the seduction in the bourgeois milieu will be analysed; the period of an authoritarian regime (1926-1974), when sexuality appears subordinated to a repressive ideological and discursive order; finally, the period that arose with the contestation of the authoritarian regime and that gave rise to the Carnation Revolution of 1974, times of political freedom that intersect with those of sexual freedom. The different colours of time allow us to analyse different ways of experiencing seduction and sexuality, in the light of social, gender and generational cleavages.

Keywords: Gender. Generations. Social Values.

SEDUCCIÓN Y SEXUALIDAD EN PORTUGAL: tiempos y modos

Resumen: Lo que se propone en este artículo es una reflexión sobre la seducción y la sexualidad en Portugal con el objetivo de cuestionar la persistencia y el cambio social de acuerdo con dos ejes analíticos: tiempos y modos. Para este propósito, tomando un arco temporal de larga amplitud, se considerarán tres períodos de análisis: el período centrado en el siglo XIX, los tiempos del romanticismo en el que se analizará la galantería en el entorno burgués; el período del régimen autoritario (1926-1974), tiempos donde la sexualidad aparece subordinada a un orden ideológico y discursivo represivo; finalmente, el período que surgió con la contestación al régimen autoritario y que dio lugar a la Revolución de los Claveles de 1974, tiempos de libertad política que se cruzan con los de la libertad sexual. Los diferentes colores del tiempo nos permiten analizar diferentes modos de experimentar la seducción y la sexualidad, a la luz de clivajes sociales, de género y generacionales.

Palabras claves: Género. Generaciones. Valores Sociales.

Biografia do Autor

JOSÉ MACHADO PAIS, Universidade de Lisboa

Doutor em sociologia. Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa,

Av. Professor Aníbal de Bettencourt 9, 1600-189

Downloads

Publicado

2020-02-12

Edição

Seção

Dossiê - Relações de e entre gêneros