HISTÓRIA E LITERATURA FANTáSTICA, UMA PARCERIA (IM) POSSáVEL? O caso de ”O Senhor dos Anéis”

Autores

  • Wallas Jefferson de Lima Pós-Graduando em História do Brasil - UNP Natal, Rio Grande do Norte- Brasil
  • Olga Suely Teixeira Pós-Graduanda em História do Brasil - UNP Natal, Rio Grande do Norte- Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v8i11.75

Palavras-chave:

Educação, Interdisciplinaridade, Práticas leitoras em História,

Resumo

O presente texto propõe-se a analisar algumas caracterá­sticas simbólicas presentes nolivro  O Senhor  dos  anéis,  de  John  Ronald Reuel Tolkien, que traz  algumas  referências  aaspectos da vida cotidiana medieval. Antes de tudo, queremos refletir sobre a aplicação de Osenhor dos anéis nas aulas de História, no á¢mbito teórico e prático, com vistas a uma práticapedagógica que possibilite aos alunos a construção do conhecimento histórico. A ideia deexplorar esse aspecto da obra surgiu após observarmos que o autor se utiliza de variados temasligados á  Idade Média para recriar seu mundo de fantasia, uma terra com povo, lá­ngua, história egeografia próprios.

Downloads

Publicado

2011-05-23