A LITERATURA COMO CONDIÇÃO: Apontamentos para a análise das entradas na carreira literária no Maranhão contemporá¢neo (1945-1964)

Autores

  • Franklin Lopes Silva Mestrando PPGH-UFMA São Luá­s, Maranhão — Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v8i11.72

Palavras-chave:

Intelectuais, Literatura, Polá­tica, Condicionantes sociais

Resumo

O objetivo central deste trabalho é a análise do espaço literário maranhense a partir do examedos perfis sociais de um conjunto de agentes que ingressaram na carreira literária entre os anos de 1945 e1964. Nosso foco recai sobre a relação entre os condicionantes sociais de  entrada nesta carreira, osinvestimentos e trunfos adquiridos e suas posições ocupadas. Considerando-se a ausência de um aparelhode  celebração autônomo  no  universo social  analisado,  privilegiamos,  entre  as  múltiplas  lógicas eestratégias de afirmação destes agentes, o exame das relações que estabelecem no trá¢nsito entre osdomá­nios intelectual e polá­tico. A noção de intelectual aqui empreendida pretende dar conta da associaçãoentre esses domá­nios diversos e complementares em que atuaram os 37 agentes aqui analisados, atentosaos princá­pios que orientam suas tomadas de posição a partir de suas posições ocupadas no interior de umespaço social determinado.

Downloads

Publicado

2011-05-10