O CASAMENTO DO PRETO MARAJÁ COM A BRANCA ARLETE: relações amorosas e racismo em “Os discursos do Mestre Tamoda” de Uanhenga Xitu

Autores

  • WASHINGTON SANTOS NASCIMENTO Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v16i27.649

Palavras-chave:

Luanda. Casamentos inter-raciais.Uanhenga Xitu.

Resumo

 Resumo: A partir do diálogo entre história e literatura debatemos sobre relações amorosas inter-raciais, racismo e a discriminação em Luanda, capital de Angola, através da análise do relato sobre o “casamento” do homem “preto” e do “mato” angolano, Marajá, e da mulher portuguesa e branca, Arlete, presente no romance “Os discursos do mestre Tamoda” do escritor angolano Uanhenga Xitu.

Palavras-chave: Luanda. Casamentos inter-raciais.Uanhenga Xitu.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

WASHINGTON SANTOS NASCIMENTO, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Doutor. Professor adjunto do Departamento de História (UERJ).

Rio de Janeiro-RJ, Brasil.

 

Downloads

Publicado

2019-03-11