AS NOÇÕES DE PROGRESSO DO IMPÉRIO À REPÚBLICA: transformações recônditas em uma mesma terminologia

Autores

  • ANDRÉ NUNES DE AZEVEDO Prof. Adjunto Dep. His. UERJ

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v13i22.539

Palavras-chave:

Progresso. Civilização. Rio de Janeiro. Monarquia. República.

Resumo

 

A palavra progresso teve o seu campo semântico redimensionado ao longo do período da passagem da Monarquia à República. Durante o período imperial, o valor maior a ser cultivado pela elite política brasileira era a ideia de construção de uma nação civilizada. A noção de progresso ainda se tornara autônoma à ideia de civilização, e não se encontrava centrada na ideia de desenvolvimento material. Com o advento da República e de uma série de transformações presentes no Brasil e no Rio de Janeiro de fins do século XIX, a ideia de progresso ganha autonomia, passa a se encontrar cada vez mais centrada na perspectiva de modernização e de desenvolvimento material da sociedade brasileira e carioca.

Palavras-chave: Progresso. Civilização. Rio de Janeiro. Monarquia. República.


THE NOTIONS OF PROGRESS OF THE EMPIRE TO THE REPUBLIC: recondit transformations in the same terminology

Abstract: The word progress had its semantic field changed through the period of transition from monarchy to republic. During the imperial period, the highest value to be cultivated by the Brazilian political elite was the idea of building a civilized nation. The notion of progress yet become autonomous to the idea of civilization, and was not focused on idea of material development. With the arrival of the Republic and a number of changes present in Brazil and in Rio de Janeiro in the late nineteenth century, the idea of progress become independent, and proceeds to find increasingly focused on the modernization perspective, and material development of Brazilian and carioca society.

Keywords: Progress. Civilization. Rio de Janeiro. Monarchy. Republic.


LOS CONCEPTOS DE PROGRESO DEL IMPERIO A LA REPÚBLICA: transformaciones recónditas en la misma terminología

Resumen: La palabra progreso tuvo su campo semántico cambiado a lo largo del período del pasaje de la Monarquía a la República. Durante el período imperial, el mayor valor a ser cultivado por la élite política brasileña era la idea de construcción una nación civilizada. La noción de progreso todavía se ha hecho autónoma a la idea de civilización, y no se centraba en la idea de desarrollo material. Con el advenimiento de la República y de una serie de cambios presentes en Brasil y en Río de Janeiro en finales del siglo XIX, la idea de progreso obtiene autonomía y pasa a encontrarse cada vez más centrada en la perspectiva de modernización y de desarrollo material de la sociedad brasileña y carioca.

Palabras clave: Progresso. Civilización. Río de Janeiro. Monarquía. República.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

ANDRÉ NUNES DE AZEVEDO, Prof. Adjunto Dep. His. UERJ

Prof. do PPGH-UERJ; Prof. Adjunto de His. Mod. e Contemp. da UERJ

Downloads

Publicado

2016-12-28