Comemorações vintistas no Maranhão (1821-1823)

Autores

  • Marcelo Cheche Galves Prof. Dr. Universidade Estadual do Maranhão -UEMA São Luá­s, Maranhão- Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v8i12.49

Palavras-chave:

Maranhão, Polá­tica, Comemorações,

Resumo

O  artigo  analisa  as  principais  comemorações  organizadas  na capitania/prová­ncia  doMaranhão após a ”adesão” ao movimento constitucional do Porto, vitorioso em 24 de agosto de 1820.Esses momentos são aqui tratados a partir de duas perspectivas: como recurso para a construção dalegitimidade do governador Bernardo da Silveira Pinto da Fonseca, cujas manobras viabilizaram suapermanência no cargo após a ”adesão”; como mecanismo de coesão e resistência ante o avanço de umprojeto de Independência delineado a partir do Centro-Sul.

Downloads

Publicado

2011-11-21