DOIS ANOS NO BRASIL, DE FRANá‡OIS-AUGUSTE BIARD: entre o tempo da escrita e o da publicação

Autores

  • GISELLE MARTINS VENANCIO Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v11i18.424

Palavras-chave:

Coleção Brasiliana. François-Auguste Biard. Viajantes século XIX.

Resumo

Em 1945, a coleção Brasiliana, da Companhia Editora Nacional, publicou o livro Dois anos no Brasil, de autoria de François-Auguste Biard, pintor francês que tinha estado no paá­s quase um século antes. O texto, um relato de sua viagem pelo Rio de Janeiro, Espá­rito Santo e Pará, havia já sido publicado na França e na Itália em meados do século XIX. Pretende-se aqui, investigar a distá¢ncia entre o tempo da escrita e o tempo da publicação do texto, buscando compreender as razões que levaram ao ato editorial que o incluiu numa coleção que tinha como objetivo tornar-se uma metáfora do Brasil.

Palavras-chave: Coleção Brasiliana.   François-Auguste Biard. Viajantes século XIX.

 

FRANá‡OIS-AUGUSTE BIARD”™S DOIS ANOS NO BRASIL: time lapse between writing and publication

Abstract: In 1945, Companhia Editora Nacional”™s  Brasiliana collection published  Dois anos no Brasil, by François-Auguste Biard, a french painter that had been in Brazil almost a century earlier. This text, which describes the author”™s trip to Brazilian states of Rio de Janeiro, Espá­rito Santo and Pará had already been published in both France and Italy by mid-19th century. We aim on this paper to investigate the lapse between the time the text was written and when it was published, seeking to understand the reasons that led to the editorial act which included it in a collection that had the objective of becoming a metaphor of Brazil.

Keywords: Brasiliana Collection.   François Auguste Biard.   19th century travelers.

 

DOS Aá‘OS EN BRASIL, DE FRANá‡OIS-AUGUSTE BIARD: entre el tiempo de la escritura y la publicación.

Resumen: En 1945, la colección Brasiliana, de la Companhia Editora Nacional, publicó el libro "Dois anos no Brasil", de autorá­a de François-Auguste Biard, pintor francés que habá­a vivido en Brasil aproximadamente un siglo antes. El texto, que trata de un relato sobre su viaje por Rio de Janeiro, Espirito Santo y Pará, habá­a sido publicado en Francia e Italia en meados del siglo XIX. En este articulo, se busca investigar el tiempo de la escritura y de la publicación del texto, comprendiendo las razones que llevaron al acto editorial que incluye en una colección que proponá­a tornarse una metáfora del Brasil.

Palabras clave: Colección Brasiliana. François-Auguste Biard. Viajeros del siglo XIX.

Biografia do Autor

GISELLE MARTINS VENANCIO, Universidade Federal Fluminense

Professora Associada IV do Departamento de História e do Programa de Pós Graduação em História da Universidade Federal Fluminense, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil.

Downloads

Publicado

2014-12-15

Edição

Seção

Parte 2 - Histórias de homens e livros: coleção, edição e textos na América e na Europa