BRINDES, TEXTOS E LIVROS PROIBIDOS:a“conspiração de escravos e franceses” na Buenos Aires colonial

Autores

  • MARIA VERÓNICA SECRETO Universidade Federal Fluminense - UFF

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v11i18.421

Palavras-chave:

Buenos Aires. Leitura. Censura.

Resumo

Resumo: Em  1793  um  grupo  de  habitantes  de  Buenos  Aires,  sobretudo  franceses,  foram acusados  de  estarem  conspirando  junto  com  seus  escravos  para  tomar  a  cidade  na  sexta-feira santa. Do inquérito e dos processos judiciais que foram abertos se evidencia a preocupação das autoridades com as leituras que estes faziam. Este artigo busca recuperar as diferentes formas de circulação  e  de  leitura  de  textos  num  período  em  que  o  Império  Espanhol  teve  muita preocupação por controlar as notícias que seus vassalos recebiam e as leituras que faziam.

 Palavras-chave: Buenos Aires. Leitura. Censura.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

MARIA VERÓNICA SECRETO, Universidade Federal Fluminense - UFF

Doutora/Departamento de História/Nupehc

Niterói/Rio de Janeiro/Brasil

 

Downloads

Publicado

2014-12-15

Edição

Seção

Dossiê: Parte 1 - Geografias do livro: espaços, circulação e leitura na América e Europa