NEM TUDO É VALENTIA OU VADIAGEM: práticas culturais e usos de símbolos de civilidade por escravos, forros e mestiços na Província do Maranhão oitocentista

Autores

  • Mariléia dos Santos Cruz Professora do Departamento de Educação I/ Pedagogia da UFMA. Doutoranda em Educação Escolar pela FFCL-UNESP/Araraquara-SP.

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v4i4.408

Palavras-chave:

século XIX, escrita, escravos, forros.

Resumo

O presente estudo visa caracterizar práticas e usos de símbolos de civilidade por escravos, forros e mestiços na Província do Maranhão, destacando-se o uso da leitura e a escrita no contexto das irmandades de pretos durante o século XIX. Utiliza anúncios da imprensa maranhense e documentos de arquivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-01-10

Como Citar

Cruz, M. dos S. (2007). NEM TUDO É VALENTIA OU VADIAGEM: práticas culturais e usos de símbolos de civilidade por escravos, forros e mestiços na Província do Maranhão oitocentista. Outros Tempos: Pesquisa Em Foco - História, 4(4). https://doi.org/10.18817/ot.v4i4.408