PEREGRINO NO TEMPO: memórias poéticas de João Cabral de Melo Neto

Autores

  • Fernanda Rodrigues Galve

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v3i3.402

Palavras-chave:

Poesia, História, Tempo, Memória.

Resumo

Estudo sobre o poeta João Cabral de Melo Neto através de sua obra Morte e Vida Severina - Auto de Natal Pernambucano, de 1954, poema dramático que nos conduz ao fluxo do rio da vida severina e nos leva a refletir sobre questões sociais e históricas, que procuram levantar um retrato das condições e dos problemas do homem nordestino. Analisa-se, ainda, a junção entre história e literatura, onde a palavra poética apresenta tempo e memória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-01-11

Como Citar

Galve, F. R. (2006). PEREGRINO NO TEMPO: memórias poéticas de João Cabral de Melo Neto. Outros Tempos: Pesquisa Em Foco - História, 3(3). https://doi.org/10.18817/ot.v3i3.402