O PENSAMENTO DE MARSÍLIO DE PÁDUA E O PENSAMENTO POLÍTICO E ECLESIOLÓGICO TARDO-MEDIEVAL

Autores

  • Moisés Romanazzi Tôrres Instituição: Universidade Federal de São João del-Rei — UFSJ (Professor Adjunto II).

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v3i3.397

Palavras-chave:

Marsá­lio de Pádua, Perá­odo Tardo-Medieval, Filosofia Polá­tica, Eclesiologia.

Resumo

O objetivo deste artigo é desenvolver, em linhas gerais, algo dos principais princípios políticos e eclesiológicos marsilianos inserindo-os no contexto do pensamento político e eclesiológico dos séculos XIV e XV na Europa Ocidental. Iniciaremos por analisar as contestações hierocráticas, de Agostino Trionfo e Álvaro Pais, ao pensamento do Paduano. Em seguida traçaremos uma interrelação entre as perspectivas fundamentais das filosofias políticas de Marsílio de Pádua, Dante Alighieri e Guilherme de Ockham.Por fim, estudaremos a influência do pensamento político e da eclesiologia marsilianas, respectivamente nos defensores da autonomia do poder político (Séculos XIV e XV) e na “Doutrina Conciliarista” (Século XV).

Palavras-Chave: Marsílio de Pádua, Período Tardo-Medieval, Filosofia Política, Eclesiologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-01-10

Como Citar

Tôrres, M. R. (2006). O PENSAMENTO DE MARSÍLIO DE PÁDUA E O PENSAMENTO POLÍTICO E ECLESIOLÓGICO TARDO-MEDIEVAL . Outros Tempos: Pesquisa Em Foco - História, 3(3). https://doi.org/10.18817/ot.v3i3.397