A MATUTINA MEYAPONTENSE E A QUESTÃO INDÍGENA EM GOIÁS NO SÉCULO XIX

Autores

  • MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • LEANDRO MENDES ROCHA UFG

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v11i18.316

Palavras-chave:

Imprensa. Goiás no Século XIX. Questão Indá­gena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Graduada em Ciências Sociais (Licenciatura Plena) pela Faculdade de Filosofia Bernardo Sayão - FFBS (1984), Mestre em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG), 1997; Doutora em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG), 2007. Professora Efetiva na Unidade Universitária de Ciências Socio-Econômicas e Humanas (UnUCSEH) da Universidade Estadual de Goiás (UEG); Docente do Mestrado Interdisciplinar Territórios e Expressões Culturais do Cerrado (TECCER); Membro do Grupo de Pesquisa GP/CNPq História do cerrado brasileiro (UEG).


LEANDRO MENDES ROCHA, UFG

Possui graduação em História pela Universidade de Brasá­lia (1984), mestrado em História pela Universidade de Brasá­lia (1988) e doutorado em Histoire des Societes Latinoamericaines - Universite de Paris III (Sorbonne-Nouvelle) (1996). Fez estágio pós-doutoral na Université de La Rochelle, França (2003). Atualmente é professor Associado III da Universidade Federal de Goiás. Atua nos cursos de graduação em História, no Programa de Pós-Graduação em História (Mestrado e Doutorado) e no Núcleo Takinahaky de Formação de Professores Indá­genas da mesma universidade. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil República e História Contemporânea do Brasil e America Latina, atuando principalmente nos seguintes temas: história do brasil, indigenismo, polá­tica indigenista, etnicidade e processos identitários no Brasil e América Latina.

Downloads

Publicado

2014-12-15