PANTANAL: notas e considerações sobre identidade, cultura e representação

Autores

  • ILSYANE DO ROCIO KMITTA Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v11i18.310

Palavras-chave:

Pantanal. Identidade. Representações. Cultura.

Resumo

O intuito do texto é apresentar, mesmo que em parte, uma análise no que tange a construção de identidades e representações nos pantanais e os elementos e as relações simbólicas implá­citas presentes nessa constituição, onde o discurso regionalista tem por função impor e legitimar, de fazer conhecer e reconhecer a região. Relações essas pautadas nos discursos produzidos e nos grupos envolvidos nesse processo de construção que envolve um sistema simbólico que atua e interage com o imaginário que ao mesmo tempo em que limita também delineia o espaço pantaneiro, transforma e tangencia as relações do homem com a natureza, com o ambiente em si e com os elementos margeantes do mesmo.

Palavras-chave: Pantanal. Identidade. Representações. Cultura.

 

Pantanal: notes and considerations on identity, culture and representation

Abstract: The purpose of the paper is to present, even in part, an analysis regarding the construction of identities and representations in the ”pantanais” and implicit symbolic elements and relations present in this constitution, where the regionalist discourse has the purpose of imposing and legitimate, to get to be known and recognize the region. These relationships are based on produced discourses and groups involved in the construction process that involves a symbolic system that acts and interacts with the imaginary the mutually limits the outlines the Pantanal space, transforms and touches man”™s relationship with nature, the environment itself and the elements around it.

Keywords: Pantanal. Identity. Representations. Culture.

 

PANTANAL: firmas y consideraciones sobre identidad , cultura y representaciones

Resumen: El intuito del texto es presentar , aunque en partes, un análisis sobre la construcción de identidades y representaciones en los pantanales y los elementos y las relaciones simbólicas implá­citas que están presentes en esa constitución, donde el discurso regionalista trae como función imponer y legitimar, hacer conocer y reconocer la región. Relaciones esas presentes en los discursos producidos y en los grupos que se envuelven en ese proceso de construcción que presenta un sistema simbólico actuante y que se integra con el imaginario y que limita el espacio pantanero, cambia y tangencia las relaciones del hombre con la naturaleza, con el ambiente en sá­ y con los elementos que le circundan.

Palabras clave: Pantanal. Identidad. Representaciones. Cultura.

 

Downloads

Publicado

2014-12-15