EXPERáŠNCIAS INDIVIDUAIS E COLETIVAS DOS TRABALHADORES CHILENOS: o onze de setembro nos cordones industriales

Autores

  • ELISA DE CAMPOS BORGES Universidade dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v10i16.294

Palavras-chave:

Cordones Industriales, Trabalhadores chilenos, Golpe militar, Resistência.

Resumo

Resumo: O presente artigo tem como objetivo apresentar as experiências particulares de trabalhadores chilenos que atuavam nos Cordones Industriales no dia do golpe no Chile. No final do ano de 1972 setores contrários ao governo popular anunciavam a existência de grupos armados formados por trabalhadores e militantes polá­ticos nos Cordones Industriales. No entanto, pouco se viu no dia do golpe uma resistência organizada por parte dos trabalhadores, desmistificando a existência de um ”braço” armado do governo.

 

Palavras chave: Cordones Industriales, Trabalhadores chilenos, Golpe militar, Resistência.

 

INDIVIDUAL AND COLLECTIVE EXPERIENCE OF CHILEAN WORKERS: the eleven in september cordones industriales

Abstract: This article aims to present the particular experiences of Chilean workers in Cordones Industriales the day of the coup in Chile. At the end of 1972 sectors contrary to popular government announced the existence of armed groups formed by workers and political activists in Cordones Industriales. However, little is seen on the day of the coup organized resistance by workers, demystifying the idea of organizing an "arm" armed government.

Keywords: Cordones Industriales, Chilean workers, Military coup, Resistance.

Biografia do Autor

ELISA DE CAMPOS BORGES, Universidade dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Doutora em História Social Professora da Universidade dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

Downloads

Publicado

2013-12-27