ESCRAVIDáƒO, LIBERDADE E POS ABOLICáƒO NO SERTáƒO PRÓXIMO DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • NIELSON ROSA BEZERRA Prof. Dr.York University,Toronto, Canadá

DOI:

https://doi.org/10.18817/ot.v10i15.262

Palavras-chave:

Escravidão, Liberdade, Cidadania, Pós Abolição, Sertão Próximo

Resumo

O presente artigo esta voltado para uma reflexão entre o território que atualmente se conhece por Baixada Fluminense e suas antigas definições de ”roça” e ”sertão próximo” no contexto de transição polá­tica entre o Império e a República. A partir de uma documentação da Casa de Detenção, é possá­vel identificar as distinções demarcadas pelo território do indivá­duo, classificando-o como uma pessoa que se vivia distante, uma forma de distancia-lo do direito de ir e vir, sobretudo quando se se tratava de pessoas que traziam na cor de sua pele as referências do trabalho escravo.

Downloads

Publicado

2013-05-15